Adab, Etiqueta Islâmica

Contos Islâmicos
Por que estás vestido de tal forma?
Tazkirat al-Awliya

Certa vez, o Imam Jafar al-Sadiq saiu vestido com uma cara e bela túnica, e ao vê-lo assim, alguém perguntou: 

— Filho de Muhammad, por que estás vestido de tal forma?

O Imam Jafar, então, pegou a mão do homem e a colocou por dentro de sua manga. Ele notou uma roupa velha e um tecido áspero por dentro.

— A de fora visto para as pessoas — disse Jafar — e a de tecido áspero, visto para Allah.

- Attar de Nishapur, Tazkirat al-Awliya.

Reflexões
Controle a sua língua
Abdullah Ibn Mubarak, Malik Ibn Dinar

Abdullah ibn Mubarak, um dos grandes estudantes do Imam Abu Hanifa, disse:
"Controle sua língua, pois a razão mais rápida para a destruição de alguém é sua língua. A língua é a testemunha do que guarda a mente e o coração. A língua é como um leão, que se deixado solto, irá te estraçalhar."

O piedoso Malik ibn Dinar disse:
"Se teu coração se encontra seco, teu corpo fraco, e teu sustento difícil, saiba que esse é o fruto de conversas inúteis, e de falar do que não é da sua conta. A melhor doação é o controle da língua. Quem quer que controle sua língua de falas vãs e tolas, terá suas falhas cobertas por Allah o Altíssimo. Toda palavra dita, exceto a recordação de Allah, é uma calamidade, pois as calamidades de uma pessoa estão atadas a língua. Por certo, Allah não irá aceitar as ações de alguém cujo com a língua Ele não está satisfeito. O silêncio da língua é a salvação do homem. Os que controlam a língua terão níveis elevados. As calamidades vêm pela língua e pelo que com ela é dito."

Hadith
Os melhores dentre os crentes são os que são os melhores para suas mulheres
Jami at-Tirmidhi, Livro 12, Hadith 17

"O crente mais completo em sua fé, é aquele cujos modos/caráter são os mais aperfeiçoados. E os melhores dentre vocês, são os melhores para suas mulheres."

Hadith
Facilite as coisas para as pessoas
Sahih al-Bukhari, Livro 3, Hadith 11

"Facilite as coisas para as pessoas (nos assuntos religiosos) e não dificulte, lhes dê boas novas e não as faça fugir (do Islam)."

Reflexões
Não tente refutar seu mestre
Kitab al-Akhlaq wal Siyar

"Se você participar de uma aula, comporte-se apenas como alguém que deseja expandir seu conhecimento e buscar uma recompensa maior de Allah. Não aja como alguém contente com o que já sabe, que está esperando por um erro para criticar, ou algo inusitado acontecer. Assim, estará agindo como as pessoas vis que nunca dominaram o conhecimento. Se você participar com boas intenções, obterá os melhores resultados. Caso contrário, fique em casa, dando a si mesmo um descanso e bons modos, demonstrando êxito diante de Allah."

Reflexões
Há três coisas que deves evitar
Tazkirat al-Awliya

"Há três coisas que deves evitar: se relacionar com reis, ficar sozinho na companhia de uma mulher e dar atenção a falatórios."

Reflexões
Limite seu discurso e falará menos do que não lhe diz respeito
Kitab Al-Adhkar de Imam an-Nawawi

"Quem limitar seu discurso a estar de acordo com suas ações, falará menos daquilo que não lhe diz respeito."

Reflexões
O que nos ajudaria a recatar os olhares?
Key to Paradise

Foi perguntado ao Imam Junayd al-Baghdadi: "O que nos ajudaria a recatar os olhares?",

e ele respondeu: "Ser consciente que o olhar de Allah sobre ti, precede teu olhar sobre o que desejas ver."

- Imam Ibn Rajab Hanbali, Key to Paradise, p.64.

Alcorão
Seja benevolente com sua mãe
Tafsir al-Kabir

"E recomendamos ao homem benevolência para com os seus pais. Com dores, sua mãe o carrega durante a sua gestação e, posteriormente, sofre as dores do seu parto." (45:16)

Benevolência, gratidão e virtude em relação aos pais é um tema recorrente no Alcorão, e em muitos outros versículos aparecem em centralidade (4:36, 17:23, 29:8, 31:14-15). Em outros versículos, aparecem em segundo somente em relação à adoração de Allah (2:82, 4:36, 6:151).

A menção da mãe sozinha após a menção dos pais em conjunto mostra seu status e nível mais alto, derivado do número de sacrifícios a qual se submete na formação de seu filho.¹ Na tradição dos hadiths, a mãe é 3 vezes mais importante que o pai, e sua morte ocasional devido a complicações no parto é considerado uma das formas de martírio. 

Tafsir de Referência: Fakhr Din al-Razi, Tafsir al-Kabir.

Reflexões
Respeite o mais velho e respeite o mais jovem
Al-Zuhd Al-Kabir, p.100

"Se você vê alguém mais velho do que você, então o respeite dizendo: "Ele me supera em tempo de Islam e boas obras." E, se for um mais jovem, respeite-o dizendo para si mesmo: 'Eu o supero em pecados.'"

Hadith
Não ria muito
Ibn Majah, Hadith 4217

"Não ria muito, pois rir em demasia mata o coração."

Hadith
Agradeça às pessoas
Sunnan Abu Dawud, Livro 43, Hadith 39

"Não agradece a Allah quem não agradece às pessoas."

Contos Islâmicos
Não deverias manter os olhos baixos e controlados?
Tazkirat al-Awliya

Certa vez, uma jovem e bela mulher se aproximou de Hasan al-Basri com o rosto descoberto e agitando os braços. Tinha acabado de brigar com seu marido, e logo foi dando detalhes da discussão que havia tido.

Mulher! — disse Hasan — cobre primeiro teu rosto depois fala.

Hassan! — respondeu-lhe a mulher — Em minha exaltação perdi a razão e esqueci que estava com o rosto descoberto. Se não tivesses me alertado, teria seguido assim, sem véu, até mesmo ao mercado. Porém, tu, que cultivas com zelo incansável a amizade do Senhor, não deverias manter os olhos baixos e controlados, não observando que meu rosto estava descoberto?’

- Attar de Nishapur, Tazkirat al-Awliya.

Recordações
A Sunnah de se elogiar a comida que se tem
Riyad as-Salihin

Certa vez, o Profeta Muhammad pediu algo para temperar sua comida, e foi lhe respondido que só tinham ali vinagre, ao que respondeu:

"Mas que belo tempero é o vinagre! Mas que belo tempero é o vinagre!"

- Riyad as-Salihin, livro 3, Hadith n° 737.

Alcorão
Que nenhum povo diminua o outro
Tafsir al-Quran

"Ó fiéis, que nenhum povo diminua o outro; é possível que (os diminuídos) sejam melhores que eles (que diminuem). Que tampouco nenhuma mulher zombe de outra, porque é possível que esta seja melhor que aquela. Não vos difameis, nem vos insulteis com apelidos mutuamente. Muito vil é o nome que detona maldade (para ser usado por alguém), depois de ter recebido a fé! E aqueles que não se arrependem serão os transgressores." (49:11)

De acordo com o Asbab al-Nuzul do Imam al-Wahidi, as razões para a revelação deste versículo foram quatro: uma, na qual um companheiro do Profeta insultou a mãe de outro com insultos do tempo pré-islâmico. A segunda foi em um incidente que duas das esposas do Profeta zombaram de Umm Salamah pelo estilo de suas roupas e altura. A terceira se refere a um incidente no qual algumas pessoas zombaram da origem judaica da esposa do Profeta Safiyah, e a quarta se refere a uma ocasião na qual alguns companheiros vieram reclamar ao Profeta por estarem sendo chamados por apelidos que não gostavam.

O versículo apresenta uma importante transição de comportamento exigida por Allah, pois era comum dentre os árabes pré-islâmicos chamarem as pessoas ou até nomeá-las por apelidos feios e insultuosos, ou degradá-las por títulos que remontassem suas origens tribais. Ele ensina que muçulmanos jamais devem diminuir uns aos outros com apelidos, ou nomes que estes não gostem, pois, é inadmissível para os que creem que o nível das pessoas é baseado na fé 

Tafsir de Referência: Ibn Kathir, Tafsir al-Quran.

Hadith
Como o verdadeiro crente vê seus pecados
Jami at-Tirmidhi, Livro 37, Hadith 2685

"O crente vê seus pecados como se estivesse na base de uma montanha, temendo que ela caia sobre ele. Enquanto o pecador costumaz vê seus pecados como moscas que lhe incomodam o nariz, e que lhe basta fazer "assim" (balançar sua mão na frente) que elas voam."